A Riqueza



Saber esperar é realmente uma grande sabedoria. 

O que mais sentia quando estava na fila de adoção, era uma sensação de abandono. 
Mesmo tentando completar o meu tempo, por 3 anos, o relógio parecia não mover seus ponteiros. 
Achava que aquele telefonema do fórum não iria receber.
Me sentia descrente e tudo o que eu mais tinha certeza passava a ser incerto.
Tentei então me convencer (e as minha amigas também) que isso não era para mim, que eu deveria ouvir melhor os sinais e que a maternidade poderia ser realizada de outras formas: sendo professora, tia, madrinha, cuidando de outras crianças que não a minha.

Eu estava em paz comigo e enquanto isso, meu marido e eu - e o país todo - entrávamos em uma grande crise financeira. Eu estava com pouquíssimos trabalhos, rareando cada vez mais. Ou seja, mais uma “desculpa” para dizer que não, não era mesmo para eu ser mãe. 

Até que o telefone toca. Sobe um calor, o coração dispara e tudo o que eu falava para as amigas - pois lá no fundo sabia que eram tentativas de autoproteção, de não frustração, foi por água abaixo!

E as nossas vidas mudaram para melhor, tão melhor! 
Nossa casa se encheu de alegria, o quarto de hóspedes passou a ter o nosso melhor e eterno convidado!
Nossos corações vibram a cada instante, os olhos lacrimejam com cada evolução e, com menos dinheiro (ainda não saímos da crise), me sinto a cada dia mais rica!


Aliás, me sinto trilionária! Não existe riqueza maior que essa: ser mãe! 

Comentários

E Aí Cheguei

E VOCÊ CHEGOU!

Evolução

O Portão

Dar à Luz

Entrando em Ação

O Apoio

Passo A Passo Da Adoção

Portal de Fogo

A Adaptação_P.1

O Encontro!