Pertencimento

Logo que Pedro iniciou as aulas de natação (ano passado), com seus 3 aninhos e recém-chegado em casa,  passamos, ele e eu, agachados ou sentados, na borda da piscina. 
Tentei, junto ao seu professor, persuadí-lo a encarar aquele imenso tanque de água com algumas brincadeiras, como “cachoeirinha” ou com carrinhos, e o que não poderia faltar: bolas! Mas, ele não quis entrar por nada!

No final da semana seguinte, em viagem à casa da avó, pela primeira vez - tanto para conhecê-la, como em sua casa -, entrou, sem hesitar, na piscina. 
Ao retornar à aula de natação, entrou confiante na água e feliz contou a sua proeza ao professor.

A pedido de Pedro, convidei um amigo da escola para passar uma tarde em nossa casa. Ele ficou muito  entusiasmado! Chegada a data, ele quis participar de toda a produção: pediu para que eu lesse as mensagens de confirmação da mãe do coleguinha (rsrs), arrumou seus brinquedos, o seu quarto, ajudou a preparar os sucos e, por um triz, a mergulhar o dedo no bolo quentinho de chocolate que saía do forno, mas, perdeu a chance ao ouvir tocar a campainha…saiu em disparada rumo ao portão. Tão ansioso que estava, gritava o nome do amigo ainda mesmo sem vê-lo. 
Abrí o portão. Ele entrou e Pedro o abraçou fortemente e, dessa forma, sem soltar o colega, pularam e giraram, numa alegria e gritaria que nunca ví. 
Com um sorrisão, repetia ao amigo: -“ Você veio na minha casa!”. 

Pedro, ao ganhar uma avó, ficou tão contente que a piscina deixou de ser um empecilho. Ao receber seu melhor amiguinho em casa, foi como fincar a bandeira na Lua. Parece exagero, mas a sensação é bem essa: a de Pertencimento!


Tão feliz ficou
ao ganhar 
uma avó, um avô
O que antes era 
um obstáculo
é agora, um divisor
de águas límpidas
a nadar, mergulhar
em seu próprio lar




Comentários

E Aí Cheguei

E VOCÊ CHEGOU!

Evolução

O Portão

Dar à Luz

Entrando em Ação

O Apoio

Portal de Fogo

Passo A Passo Da Adoção

A Adaptação_P.1

O Encontro!